27.11.08

Ford Focus: foi plágio, e daí?


Provavelmente a essa altura você já conhece toda história do possível plágio na campanha do novo Ford Focus. O estopim foi uma discussão gerada entre os leitores do blog Brainstorm #9, depois o assunto repercutiu e a campanha pelo visto até saiu do ar, mas confesso que não fui atrás descobrir mais detalhes. Só sei que hoje saiu mais um novo fato: foi aberto um processo por uso indevido da canção "Happy Together" da banda The Turtles.

Para que fique claro, aqui vai o tão polêmico comercial:



E aqui o comercial australiano da batata Smith’s:



Muito bem, não precisamos ser ingênuos a ponto de acreditar que foi pura coincidência. Vamos supor que os criativos tivessem conhecimento do comercial da batata Smith's. Possivelmente eles perceberam que o conceito era bom e que poderia ser aplicado ao produto deles que era completamente diferente do filme original. Além disso a campanha não tinha rodado no Brasil. Enfim, por que não reaproveitar?

Afinal de contas praticamente toda idéia surge de alguma referência do passado. Nada se cria sem um repertório.

No próprio post do Brainstorm #9 alguns leitores citam outros casos como o comercial do Burger King e da Nike em que todos os personagens aparecem cantando uma música famosa. Bom, só porque alguém lançou esse formato ninguém mais pode usar? E afinal, esse formato faz referência aos musicais do cinema. E agora? São todos os publicitários uns plagiadores descarados do cinema?

Sem dúvida, a publicidade usa a arte e todas as demais linguagens da comunicação como fonte de referência para produção do seu próprio conteúdo. A questão é determinar os limites entre a referência e o plágio. Em outubro do ano passado fiz um post sobre a apropriação de formatos na publicidade e o uso de referências na linguagem gráfica das peças publicitárias, vale a pena ler para complementar esse assunto.

Não estou, de maneira alguma, procurando defender os criativos da campanha do Ford Focus. Quero apenas levantar essa questão sobre os limites da referência e do plágio. Afinal, se tivessem feito o mesmo comercial, porém aplicado uma música diferente, é possível que não fossem acusados de plágio, no máximo, de apropriação da forma. Ou seja, a questão é o uso da música? É a forma? São essas diversas características em conjunto?

Aliás, utilizar a música sem pagar os direitos? Duvido que a agência tenha sido tão ingênua. Com certeza é um daqueles casos em que se paga o direito para determinada instituição mas uma outra aparece e diz que não recebeu. Enfim, você conhece como funciona esse mundo confuso.

Marcadores: ,

25.11.08

7 anos blogando

No último dia 21/11/08 este blog comemorou 7 anos de existência. Resolvi escrever um post para agradecer aos leitores, pois foram uma das razões para manter o blog no ar durante esses anos.

Em seu início o perfil do blog era diferente. De fato, até o nome era outro. Quando nasceu seu nome era "e-Blog". Era apenas uma das áreas do meu site pessoal; com a proposta de registrar notícias sobre novidades do campo da comunicação e tecnologia. Tentar desenhar através das notícias uma cronologia da evolução dos meios de comunicação. Além disso, pesquisar para o blog era um exercício para ficar atualizado.

Mas alguns anos depois começou a surgir o interesse em aproveitar o blog para analisar e abrir um espaço para a reflexão crítica. Na mesma época surgiu a idéia de envolver os leitores esporádicos com a colaboração do conteúdo. Aliás, sempre tive preocupação com o leitor, mas nunca o interesse em promover o blog. Pouco divulguei durante todos esses anos, a não ser nos profiles das redes sociais. Por isso o "e-blog" sempre foi de poucos leitores. Tudo mudou quando o blog ganhou uma nova cara.

Com esse novo perfil, surgiu o novo nome: "e-Code". Desde então, além de registrar as novidades também busco um discurso crítico e reflexivo, sempre que possível com a colaboração dos leitores. O blog continuou a atuar nas áreas de comunicação e tecnologias, mas ganhou um foco maior para temas relacionados ao campo da publicidade digital. Essa mudança aconteceu por volta de 2006.

A intenção não é citar novidades em primeira mão. Quase sempre o objetivo é comentar apenas aquilo que eu possa oferecer alguma opinião relevante para o assunto. Muitas vezes deixei de comentar fatos importantes pois sabia que outros blogs já tinham citado. Não tenho a pretensão de achar que meu leitor não lê outros blogs. Sei também que existem outros muito bons que tratam do mesmo assunto, eles estão inclusive linkados no blogroll na barra lateral.

Também não tenho interesse em arrecadar um grande volume de leitores, pois se fosse esse o caso optaria por uma temática mais popular, mas fico contente em saber que nos últimos anos o número de visitante mensais é cada vez maior. A proposta é procurar agrupar entorno do blog uma comunidade de especialistas nas áreas de comunicação e tecnologia, interessados em discutir e acompanhar sua evolução.

Espero com esse trabalho oferecer algo de valor para o leitor e também ajudar no desenvolvimento desse novo espaço de informação e troca que ficou conhecido como "blogosfera".

Marcadores:

Redes Sociais, interatividade e colaboração


O jornal Meio & Mensagem dessa semana (24/11/08) trouxe uma matéria comentando o sucesso do Orkut no Brasil. A matéria é baseada na pesquisa divulgada pela comScore que também foi tema de matérias na Folha e no O Globo do dia 20/11/08.

Todas as matérias abordam o alto índice de participação do brasileiros dentro das redes sociais. Siga os links para ler. Aqui gostaria de aproveitar para fazer uma leitura inversa: se somos um dos países que mais participa das redes sociais, isso significa que outros países que possuem um número de internautas muito superior ao nosso ainda estão muito atrás em relação ao envolvimento social dentro da internet.

Em apenas 6 países do mundo mais de 70% dos seus internautas acessam redes sociais. O Brasil é o segundo colocado nessa lista. Já o Japão, que possui um dos maiores números de internautas do mundo, somente 55,7% participam de redes sociais.

Aqui fica evidente a possível influência da cultura de cada sociedade. Assim, é possível que a noção de "interatividade" e os valores envolvidos no conceito de "colaboração" ainda não devem estar tão incorporados à cultura do internauta estrangeiro como de um brasileiro.

Aparentemente somos mais participativos e colaborativos que os internautas de outros países, por isso acessamos mais as redes sociais. Em relação à publicidade, provavelmente ações de social media realizadas lá fora ainda não teriam o mesmo resultado como aqueles que conseguimos aqui. Principalmente em países em que o acesso em redes sociais não é tão alto.

Será que a o envolvimento participativo e a colaboração serão valores que um dia estarão mais presentes na cultura geral do mundo, assim como propõe o ideal lançado desde a década passada?

Marcadores: , , ,

Manifesto das Utas: o problema da remuneração da agência

A discussão sobre o modelo de remuneração das agências de publicidade não é nova. De fato acredito que já evoluimos bastante. São poucos que defendem o modelo tradicional de remuneração com base nos custos de produção e veiculação, mas ainda são muitos que aplicam o modelo.

Eu mesmo já comentei esse assunto em outubro de 2007 num artigo sobre o necessidade de um novo modelo de remuneração para o avanço da publicidade em mídias digitais.

Esta semana foi a vez da agência Propaganda Futebol Clube de Porto Alegre. Em um anúncio muito bem escrito e cheio de humor, a agência defende a idéia de que não devemos ter vergonha em cobrar pela criação e não através de uma porcentagem da mídia. O título é "Manifesto das Utas". Vale a pena ler o texto do anúncio. Clique na imagem para ampliar.

Marcadores:

20.11.08

Agora foi a vez da Claro usar o código QR


Essa semana o Leonardo Xavier, o Gabriel Jacob e o Pedro Bombonatti anunciaram em seus respectivos blogs o lançamento da campanha de natal da Claro. A novidade foi a aplicação do código QR nos anúncios.

Desde o ano passado tenho comentado sobre o código QR e seu avanço no ocidente. Já comentei também sobre sua aplicação no vídeo da banda Pet Shop Boys e também sobre os primeiros anúncios no Brasil da Fast Shop e da Nova Schin que utilizavam o código QR.

Na semana passada, durante o Salão do Automóvel, a Volkswagen aproveitou o código para uma pequena ação em sua estande.

No caso da Claro o código QR que aparece no anúncio, quando decodificado, indica o link do portal da operadora onde é possível fazer download do ringtone da campanha de natal. Com essa estratégia a Claro aumenta a visitação do seu portal além de imprimir a idéia de uma empresa up-to-date, atenta às novas tendências.


Crédito: imagens de Leonardo Xavier e Gabriel Jacob.

Marcadores: ,

19.11.08

Toyota IQ - comercial ao vivo na lateral do edifício

Para o lançamento do novo modelo IQ, a Toyota montou uma ação em Tokyo em que 3 atores fazem uma apresentação na fachada de um prédio, pendurados por cabos de aço. Veja o vídeo:



Mas achei mais oportuno e criativo o vídeo que fala do seu principal diferencial, o tamanho:

Marcadores:

Sprite e Close-up trazem novidades para o mobile marketing

Mobile Marketing você já conhece. O formato de vídeo que interage com o celular já foi bem explorado. Uma das mais famosas foi a ação da L´oreal com a Grazi Massafera.

Essa semana a Sprite lançou uma promoção que utiliza um formato diferenciado. Várias gravações diferentes são colocadas à disposição para o visitante escolher e indicar o celular de um amigo. Esse amigo é quem recebe a ligação e ouve a gravação. A promoção "Rei do Elogio" é interessante também pois é baseada num hit do Youtube, o rei do elogio da rádio de Quixeramobim.


Mas o formato de mobile marketing que mais chamou minha atenção essa semana foi dica do Leandro Gurman: A Close-up lançou uma promoção que aproveita de vários hypes. São três personagens que sob a onda do reality-show colocam suas vidas em exposição no blog da Close-up. Tem também o perfil no Twitter. O reality-show vai durar 3 meses.

Para divulgar a campanha, o mobile marketing não aparece nesse hotsite, mas na aba do MSN messenger. Os usuário do messenger que clicarem na aba da Close-up são convidados a indicar seu nome e número do celular. Logo após aparece um vídeo com o vocalista da banda Capital Inicial dizendo que vai passar seu número para uma outra garota(o) e você deve aproveitar os minutos de bate-papo para conquitá-la(o).

Ou seja, nesse formato de mobile marketing, ao invés de ouvir uma gravação, você interage com outra pessoa que também topou participar da ação.

Quer exeprimentar? Clique na aba do seu messenger!

MAIS SOBRE:
- Mobile Marketing: Close-Up e Capital Inicial te ajudam na pegação

Marcadores:

15.11.08

McDonald's na Europa tem novo logo verde e amarelo


Nos últimos meses a fachada e a decoração interna das lojas McDonald's na Europa sofreram uma drástica alteração em suas cores. O amarelo foi mantido mas o vermelho deu lugar a um verde escuro na fachada. O portal G1 tem uma boa matéria sobre toda essa nova comunicação visual promovida por Denis Hennequin, presidente do McDonald’s Europa.

Agora parece que as mudanças alcançaram uma nova fase. Minha irmã avisou por e-mail que na França a própria marca do McDonald's está mudando de cor e incorporando o verde escuro. Na nova campanha publicitária "Venez comme vous êtes" (algo como "Venha como você estiver") a logomarca que assina a peça tem o fundo verde no lugar do vermelho. Segue abaixo um dos comerciais:




Crédito da imagem: Meteorry

Marcadores:

13.11.08

Reciclagem de óleo de cozinha

O programa de sustentabilidade da seguradora Porto Seguro ganhou uma nova campanha. Depois de incentivar o transporte coletivo com a campanha UseBike, agora a idéia é incentivar a reciclagem do óleo de cozinha.

O óleo das panelas que durante a lavagem cai pelo ralo pode entupir o encanamento, além de aumentar a dificuldade do tratamento da água do esgoto.

A Porto Seguro está distribuindo gratuitamente pequenos reservatórios para guardar os resíduos de óleo para posteriormente depositar nos diversos postos de coleta (confira aqui).


Mudança cultural:
Infelizmente confesso que tenho dúvidas quanto ao sucesso e envolvimento da população tanto na campanha da reciclagem de óleo quanto na UseBike. Não por causa da estrutura organizada pela Porto Seguro, mas por conta da nossa cultura que ainda não é madura o suficiente em relação à conscientização ambiental.

Branding:
Apesar de acreditar na baixa participação da população, por outro lado todo esse programa de sustentabilidade criado pela Porto Seguro deve agregar um imenso diferencial para a marca. Não há como não reconhecer o investimento da Porto Seguro para levar adiante essa campanha.

Ou seja, o ganho maior sem dúvida não será para o ambiente, mas para a marca da empresa.

Veja aqui o hotsite da campanha.



Campeonato de blogueiros patrocinado pela LG

Começa hoje (13/11) a promoção Ultimate Blog Challenge da LG.

Seis blogueiros foram convidados a participar de um campeonato em que deverão realizar diversas tarefas durante cerca de um mês. Enquanto isso o público acompanhará o campeonato através do hotsite criado pela LG.

Neste hotsite o visitante também pode participar de um concurso para ganhar um notebook LG P300S, para isso, basta responder à pergunta "O que você faria se tivesse um notebook LG nas mãos?" e escolher um dos blogs para entrar na equipe. O autor da melhor frase do blog que ganhar o campeonato leva o prêmio.

Os seis blogs participantes são: Descolex, Digital Drops, Fashion Bubbles, Com Limão, Tarja Preta e Enloucrescendo. A primeira prova que os blogueiros devem cumprir é arrecadar o maior número de participantes para a sua equipe, por isso aguarde pois devem começar a chover posts por aí sobre o assunto nos próximos dias.

Para conferir o hotsite: www.desafiolg.com.br

Marcadores: , ,

12.11.08

Ações de comunicação que envolveram blogueiros

Em 2008 o termo "social media" foi definitivamente incorporado pelo mercado publicitário. Foram diversas as ações de comunicação que buscaram envolver as redes sociais.

Sempre alguém me pede para citar algum case interessante. São diversos os formatos, recursos e redes que podem ser aplicadas numa ação de comunicação. Apesar dessa diversidade, acho possível dividirmos essas ações em dois grandes grupos: as ações que geram conteúdo e esperam que o público consuma esse material e grupo daquelas que criam estratégias para que o próprio público produza o conteúdo e propague, espontaneamente, a informação.

Para ajudar eventuais interessados no assunto, resolvi fazer aqui uma lista de algumas das últimas campanhas que em comum, tinham como objetivo atingir os autores de blogs em busca de mídia espontânea na blogosfera. Veja abaixo algumas ações focadas em blogs:

LG Viewty (abr/2008): o evento ficou conhecido como "safari urbano" e levou diversos blogueiros para um passeio de helicóptero com direito a assistir um jogo no estádio do São Paulo. Cada blogueiro ganhou um celular e foi convidado a registrar todo o passeio. No dia seguinte as fotos estavam espalhadas nos blogs, flickr, etc.

Nome Próprio (mai/2008): a produção do diretor Murilo Salles organizou uma premiére do filme exclusiva para blogueiros. Além da relação com o contexto do filme, a estratégia era parte de uma espécie de "marketing colaborativo" que convidava o blogueiro a divulgar o filme.

i9 Hidrotônico (jul/2008): para o lançamento do seu novo produto a Coca-Cola resolveu selecionar 9 blogueiros que receberam uma mini-geladeira com o hidrotônico. A ação teve muita repercussão por conta do caso gerado pelo uso do termo "blogueiro de aluguel" pelo portal Blue Bus, apesar de não ser essa a primeira ação de envio do produto para autores de blogs.

Brastemp You (jul/2008): como parte das ações para o lançamento da linha "You" a Brastemp organizou um evento sobre blog e moda e convidou alguns personagens destes dois mundos para falar. O público também era formado por pessoas das duas áreas.

Doritos 5Kg (out/2008): para divulgar sua promoção a Doritos distribuiu pacotes exclusivos de 5Kg para um público selecionado de formadores de opinião e influenciadores de rede. Dentre eles foram eleitos alguns autores de blogs. Além dos posts em blogs essa ação gerou também fotos no flickr e vídeos no youtube.

Outubro Rosa – Roche (out/2008): aproveitando do termo "blogagem coletiva" essa campanha da Roche para conscientização sobre o câncer de mama convidou blogueiras a escreverem posts sobre a doença.

O de sempre nunca - Bavaria (nov/2008): a Bavaria montou um blog com conteúdo produzido por 6 colaboradores que são jornalistas e também blogueiros. Qualidade editorial é a aposta para gerar uma comunidade que também faz uso das redes flickr, youtube e facebook.

Ultimate Blog Challenge - LG (nov/2008): nesta ação foram convidados outros 6 blogueiros famosos para participar de uma espécie de gincana em que o número de participantes na equipe de cada blog ajuda a garantir a vitória, ou seja, para ganhar é necessário divulgar bastante o campeonato.

Os casos citados acima não são, necessariamente, os melhores realizados até agora. São apenas, aqueles que me lembrei agora. Caso saiba de algum outro que merece destaque, deixe um comentário. De qualquer maneira, espero que o post seja útil!

Marcadores: , , , ,

Bossa Nova faz ação nas faculdades em busca do Caboré


Em plena campanha para o Prêmio Caboré 2008, a produtora resolveu perguntar aos estudantes de algumas faculdades de São Paulo: "O que é "bossa" pra você?".

Na calçada em frente à FAAP a equipe da Bossa Nova Films passou o dia de hoje gravando os depoimentos de 10 segundos numa tenda que faz as vezes de um estúdio improvisado. As cenas irão para um canal da produtora no YouTube, e no sábado será anunciado o vídeo mais visto durante o dia.

No post do blog da Bossa Nova não diz qual é o prêmio para o vídeo mais acessado, mas em conversa com a equipe que fazia as gravações parece que o autor da melhor resposta ganha um convite para assistir um show exclusivo da Fernanda Takai.

Sem dúvida a Bossa Nova merece o Caboré e deixo aqui os parabéns pela iniciativa em fugir do tradicional e buscar a participação dos estudantes. Pois em geral, os concorrentes ao Caboré fazem ações para atingir exclusivamente os profissionais do mercado. Além de ações focadas nos profissionais do mercado, a Bossa Nova saiu em busca também de outro público que afinal, também é leitor do jornal Meio & Mensagem que organiza a premiação.

Fico agora aguardando os vídeos prometidos para essa sexta. Aliás, no mesmo dia tem o flashmob na Av. Paulista!

Marcadores:

11.11.08

Publicidade em busca da interatividade


Ainda sobre a tendência de estímulo à interatividade que ocorre na publicidade, além da promoção da Kaiser citado no post anterior, vale comentar também a campanha da Dijean para lançar a marca Neo. No caso da Dijeam a proposta é ligeiramente diferente da Kaiser.

Na campanha "Geração Neo" a idéia é dar destaque a diversos jovens que estão começando a atrair a atenção em diferentes áreas, por conta de seus talentos.

A cada trimestre um novo grupo de jovens será convidado. Além de aparecer como destaque nos anúncios impressos, os convidados devem gerar conteúdo para o hotsite da campanha.

Nesta primeira fase da campanha os convidados foram o ator Caio Castro, a vj Luisa da MTV, a blogueira Mirian Bottan e os integrantes das bandas Scracho e Lipstick.

Para conferir o hotsite: www.neo.etc.br

Marcadores:

Quer ser a garota Kaiser?


A Anita Stuani avisou pelo Twitter: está no ar a promoção da Kaiser que vai escolher a nova garota-propaganda.

A campanha vai durar algumas semanas através de votação no hotsite da promoção . A final acontecerá no programa "Pânico na TV" e a vencedora participará das gravações do próximo comercial da Kaiser.

Este é um bom exemplo de case publicitário baseado na tendência de estímulo à interatividade que vemos ocorrer nessa "era digital". Deixo aqui outros links sobre o assunto:

- O poder do consumidor 2: Ipod Touch e CSS
- A TV influenciada pela internet
- Experimentando a publicidade interativa

Flashmob na Av. Paulista contra o projeto do Senador Azeredo [updated]


Hoje começaram a espalhar pelas redes a "convocação" para um flashmob na próxima sexta, dia 14/11/08 às 18h, na calçada central da Av. Paulista, 900.

O flashmob é um movimento espontâneo e instantâneo, divulgado geralmente pelas redes virtuais. Aqui no blog já comentei os flashmobs do Fashion Week e do Portal Limão.

Desta vez a proposta é gerar um movimento contra o projeto de lei proposto por Eduardo Azeredo. Apesar da boa intenção, por falta de foco na construção dos argumentos, o projeto acaba com a liberdade da rede, característica intrínseca deste meio. Veja aqui um post sobre a campanha contra esse projeto.

O convite para o flashmob desta sexta pede para que exatamente às 18h as pessoas permaneçam por 30 segundos na calçada central da Av. paulista, 900, segurando uma folha com a mensagem “Não ao PL Azeredo”.


[updated 15/10/08] Acima aparece uma das imagens registradas pela Lucia Freitas durante o flashmob, clique aqui para ver todas as fotos. Há também outras fotos espalhadas pelo Flickr e alguns videos no Youtube.



Marcadores: ,

8.11.08

Twitter vira palco para batalha da Vivo


Já comentei neste blog como os meios digitais colaboram para uma nova relação com o mercado. Quem sabe até mesmo o desenvolvimento de um novo modelo econômico.

O consumidor da era digital tem mais espaço para expressar-se, e assim influenciar futuros compradores.

Nos últimos anos o blog foi o formato que melhor colaborou para esse cenário. Muitos consumidores insatisfeitos reclamaram em seus blogs sobre a qualidade do produto ou serviço.

Mais recentemente começamos a assistir a reação das empresas. São diversas as estratégias criadas para atender o consumidor insatisfeito e evitar que a imagem da empresa seja denegrida.

Em agosto deste ano escrevi sobre o lançamento do blog da Claro, estrategicamente desenvolvido para criar uma relação mais próxima com seus consumidores que andavam insatisfeitos com o serviço. No Recife uma cliente chegou a montar o blog "Claro que não funciona".

Essa semana fato semelhante aconteceu no Twitter. Essa rede de microblogging parece cada vez mais representar um espelho da blogosfera. As relações que vemos ocorrer na blogosfera são potencializadas no Twitter.

Na última quinta-feira soube da criação do perfil @euodeioavivo dentro do Twitter. Assim como aconteceu na blogosfera, surge no Twitter um perfil orientado para atuar como um canal de comunicação, potencialmente capaz de influenciar a imagem de uma marca.

Atentos a esse movimento, no dia seguinte recebi também o comunicado de que meu perfil havia sido adicionado por outro usuário, o @vivoblog, que periodicamente lança as novidades do Blog da Vivo. Tudo pronto para a guerra começar!

Eu, vou apenas acompanhar por pura curiosidade, pois afinal, nem cliente da Vivo eu sou!

Marcadores: ,


 
Para receber esse blog por e-mail, envie uma mensagem info.ecode@messa.com.br e
escreva "incluir" no campo "assunto" da mensagem. Para cancelar, basta escrever a palavra "excluir".